sexta-feira, 22 de julho de 2016

Tipos de sistemas de informação

Para cada nível organizacional existe um tipo específico de sistema de informação. No nível operacional temos os Sistemas de processamento de transações (SPT). Em se tratando de nível tático, temos dois tipos de SI: Sistemas de informação gerencial (SIG) e Sistemas de apoio à decisão (SAD). No topo dessa estrutura, temos o nível estratégico que está amparado por Sistemas de informação executiva (SIE). Essa é a forma mais aceita de se dividir os sistemas de informação, de acordo com sua finalidade de uso e nível organizacional o qual irá auxiliar.

SPT - Sistema de Processamento de Transações

Definição: Os SPTs monitoram, coletam, armazenam e processam dados gerados em todas as transações da empresa. Esses dados são a entrada para o banco de dados da organização.

Características: primeiro os dados são coletados por pessoas ou sensores que são inseridos no computador por meio de algum dispositivo de entrada. Em seguida, o sistema processa os dados de acordo com o processamento em lote ou online.

Quando você paga por um item em uma loja o sistema registra a venda, reduz o estoque disponível em uma unidade, aumenta a posição do caixa da loja no valor que você pagou e aumenta a qualidade de vendas em uma unidade.

Tipos de Aplicação:
  •     Processamento de pedidos;
  •     Fatura;
  •     Controle de estoque;
  •     Contas a pagar;
  •     Contas a receber;
  •     Compras;
  •     Recebimento;
  •     Expedição;
  •     Folha de pagamento;
  •     Contabilidade Geral.

SIG - Sistemas de Informações Gerenciais

Os sistemas de informações funcionais (SIG), oferecem informações na forma de relatórios aos gerentes de nível intermediário, como apoio no planejamento, na organização e no controle de operações. O termo SIG é ocasionalmente utilizado como um conceito abrangente para todos os sistemas de informação combinados. Um SIG produz principalmente três tipos de relatórios: rotina, ocasionais e exceção.

Relatórios de Rotina: São produzidos em intervalos programados, variando desde relatórios de controle de qualidade por hora, até relatórios mensais de taxas de absenteísmo.

Relatórios Detalhados: mostram um nível maior de detalhes; por exemplo, um gerente pode examinar as vendas por região e decidir "detalhar mais" para ver as vendas por loja, e depois as vendas por vendedor.

Relatórios Indicadores Principais: resumem o desempenho de atividades críticas; por exemplo, um diretor financeiro pode querer examinar o fluxo de caixa e a quantidade de dinheiro disponível.

Relatórios Comparativos: comparam o desempenho de diferentes unidades de negócios ou período de tempo.

Relatórios de Exceção: excluem apenas informações que estão fora de padrões de limites. Os sistemas são configurados para monitorar o desempenho, comparar o desempenho real com os padrões e identificar exceções predefinidas.

SAD - Sistema de Apoio à Decisão


É um sistema de informação computadorizado que combina modelos e dados em uma tentativa de resolver os problemas semi-estruturados e alguns problemas não-estruturados, com intenso envolvimento do usuário.

Suas características são:

*Os Sads podem examinar várias alternativas muito rapidamente

*Podem realizar uma análise de risco sistemático

*Podem ser integrados a sistemas de comunicação e bancos de dados

*Podem ser usados para apoiar o trabalho em grupo

Suas habilidades são:

Análise a sensibilidade: torna o sistema flexível e adaptável a condições mutantes e as diversas exigências das diferentes situações de tomada de decisão.

Análise de variações hipotéticas: essa habilidade tenta determinar o impacto que uma mudança nas suposições (dados de entrada) causa sobre a solução proposta.

Análise de busca de metas: busca descobrir o valor das entradas necessárias para alcançar determinado nível de saída, esse tipo de análise de apoio são importante.

Componentes e estruturas:

Subsistmas de gerenciamento de dados: Contém todos os dados que fluem de várias fontes.

 Subsistema de gerenciamento de modelos: Contém modelos completados e os elementos necessários para desenvolver aplicações de SAD.
 

interface com o usuário: Abrange todos os aspectos da comunicação entre um usuário e o SAD.

Usuário: A pessoa envolvida com o problema ou decisão que o SAD tem função de apoiar é considerada o usuário, o gerente ou o tomados de decisão.

 subsistemas baseados em conhecimento: Muitos problemas não-estruturados e semi-estruturas são tão co,plexos que suas soluções exigem um certo grau de especialização.

Funcionamento do SAD:

Os usuários obtêm seus dados do data warehouse, dos bancos de dados e de outras fontes de dados. Esses dados são inseridos no SAD. Quantos mais problemas são resolvidos, mais conhecimento é acumulado na base de conhecimento.

SIE - Sistema de Informação Executiva

O Sistema de Informação Executiva é uma tecnologia computadorizada projetada em resposta às necessidades específicas dos altos executivos. Fornece acesso rápido a informações atuais e acesso aos relatórios gerencias. Um SIE é bastante fácil de usar, baseia-se em gráficos.

O mais importante para os altos executivos é aquele que oferece as habilidades de relatório de exceção e de expansão. Finalmente, um SIE pode ser facilmente conectado a serviços de informação on-line e e-mail. Os SIEs podem incluir apoio à análise, comunicações, automação de escritório e apoio à inteligência.

Apesar dessas funções comuns, os SIEs individuais variam em termos de habilidade e benefícios. Por exemplo, eles podem ser aperfeiçoados com análise e apresentação multidimensionais, acesso fácil a dados, interface gráfica simples, habilidades de edição de imagens, acesso à intranet, e-mail, acesso à Internet e modelagem.