sexta-feira, 4 de maio de 2012

Dicas para implantar a TI Verde com foco na redução de custos

Com o impulso para as empresas pela adoção de práticas de “eco-friendly”, líderes de TI estão buscando maneiras de levar as tecnologias mais ambientalmente responsáveis para suas organizações. Os grandes pilares da TI verde (Green IT) incluem: minimizar o uso de materiais perigosos, maximizar a eficiência energética, e promover a reciclagem e / ou utilização de produtos biodegradáveis - sem afetar negativamente a produtividade. Veja algumas formas de implantar essas ações em sua organização, sem perder o foco na redução de custos.

Compra de hardware eficiente de energia
Novas ofertas de fornecedores de hardware incluem notebooks, desktops e servidores que atendem às diretrizes da Energy Star para menor consumo de energia. Consultando o site da EPEAT (www.epeat.net) é possível verificar a classificação e desempenho ambiental de cada hardware. Outro ponto é a utilização de processadores multicore, que aumentam a capacidade de processamento sem aumentar substancialmente o uso de energia.

Tecnologia de gerenciamento de energia
Os sistemas operacionais modernos, rodando em Advanced Configuration and Power Interface (ACPI), incorporaram sistemas de poupança de energia que permitem configurar monitores e discos rígidos para desligar após um determinado período de inatividade. Os sistemas podem ser configurados também para hibernar quando não em uso e depois seguem para o desligamento da estação.

Virtualização para consolidar servidores
Sua empresa pode reduzir o número de servidores físicos e, portanto, o consumo de energia, usando a tecnologia de virtualização para executar várias máquinas virtuais em um único ou poucos servidores físicos. Como muitos servidores são severamente subutilizados (em muitos casos, de 10 a 20% de utilização média), a economia pode ser dramática. VMWare, parceira mundial da Atos Origin, alega que a sua infra-estrutura virtualizada pode diminuir os custos de energia em até 75%.

Redução de temperatura nos Data Centers
Considerar o uso de tecnologias de energia alternativa para economia de energia e estabilização de temperatura (investimentos nessa área têm seu payback em menos de 1 ano). Além dos sistemas de refrigeração, outro fator prioritário está na escolha de locais com temperatura média mais baixa (ex: novo Data Center da Google no Alaska, com o maior índice de otimização de energia dos Estados Unidos)

Uso de thin clients para reduzir uso de energia GPU
Outra forma de reduzir a quantidade de energia consumida por computadores é a implantação thin clients, principalmente para novas unidades de negócio, fabris ou start-ups (pois a migração para o novo modelo em grandes parques gera investimentos consideráveis, não só na compra dos terminais, mas na adaptação de sistemas de gestão). Thin client é também ecologicamente correto porque gera menos lixo eletrônico, não há nenhum disco rígido, menos memória e menos componentes para serem tratadas no final do seu ciclo de vida.

Utilização mais eficiente pelos monitores
Se sua empresa tem monitores CRT antigos em uso, substituindo-los com telas de LCD pode poupar até 70 por cento nos custos de energia. No entanto, nem todos os monitores LCD são iguais quando se trata de consumo de energia (uma pesquisa mostrou diferença de até 38% de economia entre os mais vendidos).

Reciclagem sistemas e fontes
Dispositivos eletrônicos velhos podem ser reutilizados por pessoas de fora da empresa. Sua empresa pode doar velhos computadores e outros dispositivos ainda em condições de funcionamento para as escolas e organizações sem fins lucrativos, que aumentarão a vida útil desses equipamentos. Além do aumento de utilização, o processo fim deve ser pensado para diminuir o envio desses para os depósitos de lixo. Materiais como: cartuchos de impressora, telefones celulares e baterias podem facilmente ser reciclados. Alguns fabricantes de computadores, como a Dell, têm programas para ter de volta os computadores e periféricos para reciclagem.

Redução do consumo de papel
Economizar dinheiro e reduzir o impacto da sua empresa sobre o meio ambiente pode também ser feito com a redução do consumo de papel. Pode ser feito migrando de um documento-base para um fluxo de trabalho eletrônico (workflow): criação, edição, visualização e entrega de documentos em formato digital, em vez de formulário impresso e/ou enviando documentos digitalizados em anexos de e-mail em vez de fax. E quando a impressão é inevitável, você ainda pode reduzir o desperdício e economizar dinheiro, definindo as suas impressoras para usar duplex, instaladas distantes da base e com “multas” na avaliação de desempenho para impressões deixadas na impressora.

Conscientização de seus profissionais (a grande barreira cultural)
Para que tudo funcione, existe um grande esforço de cada gestor, recursos humanos e endomarketing na educação e conscientização dos profissionais para concretização das ações de um ambiente verde, começando com simples campanhas de: desligar o computador no final do dia, avaliar a necessidade de uma impressão, utilização de garrafas de vidro ou squeezes pessoais, entre outros.